O mundo desconhecido do autismo

Blocos para montar.

No domingo passado (4/8), o médico Dráuzio Varella iniciou a série especial “Autismo: Universo Particular” durante o Fantástico. Este é um assunto que está em alta nos últimos anos devido ao aumento de pessoas diagnosticadas.

O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) era considerado uma condição rara, que atingia quatro indivíduos para cada 10 mil vivos. Hoje, a pesquisa mais recente fala em um para cada 92.

Não há uma causa específica para a síndrome, mas estudos sugerem a presença de alguns fatores genéticos e neurobiológicos. Existem vários graus de autismo, incluindo pessoas que conseguem levar uma vida normal até as que não conseguem sair do seu mundo particular.

Os autistas têm dificuldade em interagir socialmente e aprender a falar. Geralmente, eles têm um padrão de comportamento restritivo e repetitivo. Embora, os autistas tenham suas limitações, muitos possuem inteligência normal ou até superior.

As famílias com crianças que têm TEA precisam de ajuda profissional. Não há um tratamento padrão, cada paciente exige acompanhamento individual, de acordo com suas necessidades e deficiências. Tudo para permitir aos portadores levar vida próxima do normal.

Brinquedos educativos ajudam a estimular a interação das crianças com espectro de autismo. Lembre-se de que elas geralmente brincam de maneiras rígidas e repetitivas. Trens, brinquedos de montar e de encaixar são ideias.  Evite brinquedos barulhentos, muitos autistas têm sensibilidade na audição.


Brinquedos Educativos, comportamento, Terapêuticos