Fique de olho.

crianca300

Os pequenos estão cada vez mais ligados em tecnologia. Pais e educadores precisam estar atentos para garantir a segurança dos filhos no mundo virtual. O acesso a todo tipo de informação em jogos, internet, vídeos e televisão expõem as crianças a conteúdos inapropriados para determinadas faixas etárias.

Assim como músicas e filmes, os jogos online e de videogames também são classificados por faixa etária. Criado em 2003, o sistema de classificação PEGI, ajuda os pais e fabricantes europeus a tomarem decisões sobre a compra de jogos interativos.

A classificação de um jogo confirma que o mesmo é adequado para jogadores a partir de uma determinada idade. Desta forma, um jogo com classificação PEGI 7 é adequado apenas para quem tenha idade igual ou superior a sete anos e um jogo com classificação PEGI 18 é adequado apenas para adultos com idade igual ou superior a dezoito anos. A classificação PEGI tem em consideração a idade adequada das pessoas a quem se destina um jogo e não o nível de dificuldade.

Além da classificação etária PEGI, os fabricantes de games divulgam ainda descritores que indicam o tipo de conteúdos que ocorrem no jogo. Elementos de um jogo que podem ser motivo de preocupação para os pais. Podem ocorrer vários descritores, dependendo do jogo, que são: medo, violência, linguagem imprópria, conteúdo sexual, drogas, discriminação, jogo e jogo online.


Dicas, Mídia, Saúde